domingo, 18 de novembro de 2012

Bulimia Nervosa - Como tratar essa doença

A atriz e cantora Demi Lovato (foto) admitiu em um programa especial exibido pela MTV norte-americana que ainda sofre recaídas mesmo depois de passar por um tratamento em uma clínica de reabilitação durante três meses, em novembro de 2010. A informação é da Agência Bang Showbiz.
Bem, quem sofre de bulimia come compulsivamente, mas com o intuito de livrar-se do que comeu e aliviar sua culpa, provoca vômitos ou faz uso de laxantes ou diuréticos. Como exemplo As Pessoas com bulimia comem uma grande quantidade de comida num curto espaço de tempo. Então para se livrarem do comida vomitam. É importante notar que a bulimia não necessariamente envolve vomitar. Tanto podem vomitar, como fazer exercícios em demasia, ou usar medicamentos como laxantes, o que importa para eles naquela aflição é livrarem-se da comida porque acham que comeram muito, ou que nem deviam ter tocado na comida.
Portanto, essas pessoas portadoras da doença podem ter compulsão alimentar, porque lhes dá uma sensação de conforto porém, comer muito faz com que elas se sintam fora de controle. A reação natural é que depois desse  frenesim elas se sintam envergonhadas, culpadas e com um medo monstruoso de ganhar peso. Daí vem a consequência da culpa, por isso é que elas provocam o vômito no intuito de livrar-se da comida que ingeriram..


Sem tratamento, este ciclo de compulsão pode levar a graves problemas de saúde a longo prazo. O ácido do vómito na boca pode causar problemas nos dentes, doença gengival e perda de esmalte. Qualquer tipo destas técnicas pode levar à diluição dos ossos ( osteoporose ), danos nos rins, problema de coração, ou até mesmo a morte.

Quando você sofre de bulimia, a vida é uma batalha constante entre o desejo de perder peso ou ficar magra e a compulsão é dificil de combater. Você faz o seu melhor para manter os desejos longe. Você sabe que vai sentir nojo e vergonha, mas depois você não pode lutar contra o desejo. Tudo o que você pensa é em comida, e no final, você ja está a comer.

Atualmente pelos critérios do DSM-IV (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais - APA 1994) a bulimia nervosa ocorre entre 1 a 3% das mulheres adolescentes e adultas jovens, sendo a taxa de ocorrência em homens de aproximadamente 1/10 (um décimo) da que ocorre em mulheres. Vinte a 30% de homossexuais masculinos apresentam a doença, e ex-atletas e ex-obesos parecem apresentar maiores riscos (Cordás et ali, 1998). A bulimia nervosa começa no final da adolescência ou início da idade adulta.
Os Bulímicos também são susceptíveis a outras compulsões e transtornos afectivos, ou vícios. Vinte a 40% das mulheres com bulimia também tem um histórico de problemas relacionados com drogas ou álcool, sugerindo que muitas mulheres afectadas podem ter dificuldades com o controle dos impulsos comportamentais.


Ao contrário de anoréxicos, os bulímicos sofrem de flutuações de peso significativas, mas a sua perda de peso geralmente não é tão grave ou óbvias como os anoréxicos. O prognóstico a longo prazo para os bulímicos é ligeiramente melhor do que para os anoréxicos, e a taxa de recuperação é considerada maior. No entanto, muitos bulímicos continuam a manter um pouco esses comportamentos alimentares anormais na dieta, mesmo após o período de recuperação.

Se você ou alguém que você conhece tem bulimia ou outro distúrbio alimentar, procure ajuda. Os distúrbios alimentares podem ser perigosos. E força de vontade não é suficiente para superá-los. O tratamento pode ajudar uma pessoa que tem um distúrbio alimentar a se sentir melhor e mais saudável.


Espero que tenham gostado e, se gostaram comentem!!!
Bjkas

fonte: Elidio Almeida
imagens: google imagens

Comente com o Facebook:

6 comentários :

  1. é realmente preocupante.. nem imaginava q a Demi tinha isso rs.. a Anahi do RBD eu sabia...
    Ja estou seguindoo.. beijinhos
    http://nathalia-loukasporadesivosdeunhas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Acho muito importante falar sobre isso , geralmente ninguém gosta de falar sobre...Bjos ate mais

    ResponderExcluir
  3. Nossa nao sabia nao,interessante. Bjus

    ResponderExcluir
  4. Adorei o post, de extrema utilidade! Infelizmente em um mundo me que os estereótipos levam cada dia mais meninas para o caminho da depressão, da bulimia, da anorexia e de tantas outras doenças psicológicas.

    ResponderExcluir
  5. eh muito complicado qdo as pessoas deixam se levar pela aparencia q a midia oferece com um photoshop basico e a magreza...e as pessoas sofrem por essas coisas pq não se aceitam como são e sim, querem ser como a imagem q a midia impoe. esses casos de bulimia e anorexia seriam menos frequentes se as pessoas se aceitassem como elas são, gordinhas ou magrinhas. bjs

    ResponderExcluir
  6. psé isso é um assunto bem delicado, a Hanna personagem de pretty litte liars tem essa doença e me dá uma tristeza pq acontece muito na vida real tbm =( acho que a pessoa que tem não pode ficar calada, deve pedir ajuda por mais que essa atitude esse difícil

    Pausa na vaidade (clica no perfil)

    ResponderExcluir

No Instagram @acheiebloguei

Achei e Bloguei - Copyright © 2016 - Todos os Direitos Reservados